Crítica da Razão Pura – Immanuel Kant, tradução de Fernando Costa Mattos

Postado em 02/05/2012, 20:52, por · 9 comentários
Categoria: Publicações 

Crítica da Razão Pura – Immanuel Kant

Id: 8532643248

EDITORA VOZES LTDA – 1ª edição
Filosofia
Coleção: Pensamento humano

Fernando Costa Mattos (trad.)

R$ 95,00

 

 

 

 

 

 

Crítica da razão pura, principal obra de Immanuel Kant, divide a história da filosofia em duas: antes e depois da Crítica. Num momento em que a filosofia dividia-se em racionalistas de um lado e empiristas de outro, procurou Kant demonstrar que o nosso conhecimento é, necessariamente, tanto empírico como racional, inaugurando, com isso, uma posição singular no debate filosófico, criando as bases para a Teoria do Conhecimento como disciplina filosófica. Entrar no universo da Crítica da razão pura é aceitar o desafio, colocado pelo próprio Kant, de evitar o dogmatismo sem cair no relativismo; evitar o absoluto sem cair no nada.

Código ISBN: 9788532643247

Formato: 13.7 x 21.0 cm
Acabamento: brochura

Peso: 0,622 kg
Número páginas: 624
1ª edição
Ano de lançamento: 2012

Kant in Brazil – Edited by Frederick Rauscher & Daniel Omar Perez

Postado em 27/04/2012, 08:44, por · 13 comentários
Categoria: Publicações 

Kant in Brazil is a collected volume of essays conceived at the 2005 International Kant Congress in Sao Paulo as a way to make accessible to Anglophone Kant scholars some of the best work on Kant produced by Brazilian scholars. The availability of this material in English for the first time will promote interaction between North American and Brazilian scholars as well as enable Anglophone readers worldwide to incorporate excellent but previously neglected work into their own debates about Kant.

The book contains an editor’s introduction providing an overview of the institutional structure of Kant studies in Brazil. The essays that follow, translated from Portuguese, include a survey of the history of Kant studies in Brazil over the past two centuries as well as interpretive essays that span the corpus of Kant’s work in theoretical philosophy, ethics, political philosophy, history, aesthetics, and teleology. Various styles of philosophy are put into practice as well: analytical, philological, reflective, comparative, displaying the broad and diverse nature of Brazilian philosophy.

Frederick Rauscher is associate professor of philosophy at Michigan State University. Daniel Omar Perez is professor of philosophy at the Pontifical Catholic University of Parana, Brazil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

£19.99

Availability: Not yet published (27 April 2012)

Details
First Published: 15 May 2012
13 Digit ISBN: 9781580464154
Pages: 388
Size: 9 x 6
Binding: Paperback
Imprint: University of Rochester Press
Series: North American Kant Society Studies in Philosophy
Subject: Modern History
BIC Class: HBLL
Details updated on 26 Apr 2012

Pre-Order Book:

http://www.boydellandbrewer.com/preorder_form.asp?isbn=9781580464154&title=Kant+in+Brazil

http://www.amazon.com/Brazil-American-Society-Studies-Philosophy/dp/1580464157

Revista Estudos Kantianos – Call for papers

Postado em 14/04/2012, 10:20, por · Comente
Categoria: Call for papers, Publicações 

No período entre 16 de abril e 14 de outubro de 2012, a recém-criada revista eletrônica Estudos Kantianos receberá propostas de publicação de artigos, resenhas e traduções.

O material para submissão deverá ser anexado [em formato “Word”] a mensagem eletrônica remetida exclusivamente ao endereço: cpek@marilia.unesp.br, tendo como “assunto”: “Estudos Kantianos”.

Solicita-se que artigos, resenhas e traduções não ultrapassem o total de 30 páginas, digitalizadas em fonte “Times New Roman”, com tamanho “12” para o corpo do texto, “11” para as citações acima de três linhas [as quais deverão ter recuo de 4cm da margem esquerda] e “10” para as notas de rodapé.

Solicita-se a estrita observância das normas respectivas da ABNT, sob pena de a normalização devida ao material que, aprovado, não o faça, redundar em atraso na publicação do mesmo.

Para os artigos enviados, título, resumo, palavras-chave e pequena nota autobiográfica de seu autor devem ter versão em português e em inglês, quando os mesmos sejam escritos numa destas duas línguas. Para artigos redigidos em alemão, espanhol, francês e italiano, aqueles mesmos itens devem ter versão nessas respectivas línguas e também em inglês.

Se no prazo de cinco dias corridos não houver notificação de recebimento do material enviado, solicita-se ao remetente do mesmo entrar em contato com o editor da revista pelo seguinte endereço eletrônico: ubirajara.rancan@gmail.com ou pelo seguinte número de telefone: [14] 3402.1306 – ramal 1520.

Todo material submetido à revista será examinado por ao menos dois pareceristas, aos quais não será revelada a autoria do mesmo.

Estudos Kantianos publicará artigos, resenhas e traduções cujos autores já tenham o grau acadêmico do doutorado.

Em princípio, cada um dos dois fascículos anuais ora previstos para a Estudos Kantianos [lançados em maio e em novembro] publicará até dez artigos, duas resenhas e uma tradução.

Kauark-Leite, Patricia. Théorie quantique et philosophie transcendantale : dialogues possibles.

Postado em 20/03/2012, 12:55, por · Comente
Categoria: Publicações 

Théorie quantique et philosophie transcendantale : dialogues possibles
Patricia Kauark-Leite

ISBN : 9782705683191
Collection « Visions des sciences »
34.00 €

PRÉSENTATION :
Se concentrant sur les différences entre la constitution de l’objectivité dans la mécanique classique et dans la mécanique quantique, cet ouvrage explore les interprétations transcendantales de la théorie quantique standard.
Patricia Kauark-Leite y examine les changements épistémologiques apportés par la physique quantique pour vérifier si la philosophie transcendantale est toujours valide. Elle dresse un bilan des différentes approches transcendantales, montrant les modulations des principes a priori pour expliquer le problème de l’objectivation en mécanique quantique.
En conclusion, elle défend et adopte une interprétation pragmatique transcendantale, dont la tâche principale est de donner une justification philosophique à la dimension nécessairement intersubjective de l’objectivité quantique.

AUTEUR :
Patricia Kauark-Leite, docteur de l’École Polytechnique (Paris), est professeur au département de philosophie de l’université fédérale de Minas Gerais (UFMG), Brésil. Elle est actuellement chercheuse visitante à l’université de Stanford, aux États-Unis.

Studia Kantiana – Número 11 – dezembro de 2011

Postado em 25/02/2012, 12:51, por · Comente
Categoria: Publicações 

Studia Kantiana
ISSN 1518-403X

Número 11 – dezembro de 2011

Os números disponíveis da Studia Kantiana, revista da Sociedade Kant Brasileira, estão à venda na rede de sebos ESTANTE VIRTUAL (www.estantevirtual.com.br).

Artigos:

Do paralogismo lógico da personalidade ao paradoxo moral da pessoa: génese e significado da antropologia moral kantiana
[From the logical paralogism of personality to the moral paradox of the person: genesis and meaning of Kant’s moral anthropology]
Leonel Ribeiro dos Santos

O lugar sistemático do Sumo Bem em Kant
[The systematic place of the Highest Good in Kant]
Christian Hamm

Felicidade e dignidade de ser feliz: o sumo bem como ideal dialético da razão prática pura
[Happiness and the dignity of being happy: the highest good as a dialectical ideal of pure practical reason]
Solange Dejeanne

Hedonismo e Sumo Bem em Kant
[Hedonism and Highest Good in Kant]
André Klaudat

Kant leitor de Epicuro
[Kant reader of Epicurus]
Miguel Spinelli

Summum bonum: a perspectiva medieval
[Summum bonum: the medieval perspective]
Noeli Dutra Rossatto

O fato da razão e o sentimento moral enquanto disposição moral do ânimo
[The fact of reason and moral feelings as moral dispositions of the mind]
Flávia Carvalho Chagas

A ideia do Sumo Bem e a teoria moral kantiana
[The idea of the Highest Good and Kantian moral theory]
Jair A. Krassuski

Conflitos de deveres e a casuística na filosofia moral de Kant
[Conflicts of duty and casuistry in Kant’s moral philosophy]
Ricardo Bins di Napoli

Liberdade e coerção: a autonomia moral é ensinável?
[Freedom and coertion: can moral autonomy be taught?]
Robinson dos Santos

Progresso moral e justiça em Kant
[Moral progress and justice in Kant]
Carlos Adriano Ferraz

Kant über das Ende der historischen Religionen
[Kant on the end of the historical religions]
Bernd Dörflinger

Kant sobre o fim das religiões históricas
[Kant on the end of the historical religions]
Bernd Dörflinger

*********

Normas para colaboradores

1) A revista STUDIA KANTIANA aceita os seguintes tipos de colaboração:

1.1) Artigos (até 12.000 palavras, incluindo referências bibliográficas e notas).

1.2) Resenhas críticas de apenas um livro ou de vários livros que tratem do mesmo tema (até 4.500 palavras, incluindo referências bibliográficas e notas. As resenhas críticas devem apresentar no início do texto a referência completa das obras analisadas).

1.3) Recensões e notas bibliográficas (até 1.600 palavras. As recensões e notas bibliográficas não devem receber título nem conter notas ou referências bibliográficas fora do texto e devem apresentar no início do texto a referência completa das obras analisadas).

2) As colaborações devem ser inéditas e podem ser escritas em português, espanhol, ou inglês.

3) Os artigos devem ser submetidos sem quaisquer referências identificatórias do autor, contendo um resumo em português e em inglês com até 150 palavras, três a cinco palavras-chave em português e inglês, e o título do artigo em inglês. Os autores devem enviar separadamente (no corpo do email ou em arquivo separado) seus dados profissionais (afiliação institucional, cargo, titulação), bem como endereço para correspondência e email.

4) Os originais devem ser enviados por email ao Editor. O arquivo deverá ser formatado em formato Word (.doc), em conformidade com as seguintes especificações:

4.1) Texto corrido, teclando ENTER apenas uma vez para a mudança de parágrafo;

4.2) Podem ser formatados textos em negrito, itálico, sobrescrito e subscrito. Porém, não deverá ser formatado nenhum parágrafo, tabulação ou hifenizado.

5) As notas de rodapé não devem conter simples referências bibliográficas. Estas devem aparecer no corpo do texto com o seguinte formato: (sobrenome do autor/espaço/ano de publicação: página).

6) Todos os artigos devem conter uma seção ao final com as referências bibliográficas, que devem ser apresentadas na seguinte forma:

6.1) Livros: Sobrenome do autor em maiúsculas, Nome do autor. Título do livro em itálico. Eventual tradutor. Lugar da edição: editora, ano de edição, páginas citadas.

6.2) Coletâneas: Sobrenome do organizador em maiúsculas, Nome em minúsculas (org.), Título do livro em itálico. Eventual tradutor. Lugar da edição: editora, ano de edição, páginas citadas.

6.3) Artigo em coletânea: Sobrenome do autor em maiúsculas, Nome em minúsculas (ano de edição). “Título do artigo entre aspas”. Eventual tradutor. In: Nome e sobrenome do organizador (org.), Título da obra em itálico. Lugar da edição: editora, ano. Números das páginas do artigo.

6.4) Artigo em periódico: Sobrenome do autor em maiúsculas, Nome em minúsculas. “Título do artigo entre aspas”. Eventual tradutor. Nome do periódico em itálico, número do volume (ano): números das páginas do artigo.

6.5) Tese acadêmica: Sobrenome do autor em maiúsculas, Nome em minúsculas. Título da tese em tipo normal, especificação do tipo de tese (doutora, mestrado etc.), nome da universidade na qual foi defendida, ano.

7) As colaborações serão examinadas por dois pareceristas e submetidas ao corpo editorial.

8) Os autores serão notificados da recepção das colaborações.

9) Os autores receberão gratuitamente um exemplar da revista.

10) A apresentação das colaborações ao corpo editorial implica a cessão da prioridade de publicação à revista STUDIA KANTIANA, bem como a cessão dos direitos autorais dos textos publicados, que não poderão ser reproduzidos sem a autorização expressa dos editores. Os colaboradores manterão o direito de reutilizar o material publicado em futuras coletâneas de sua obra sem o pagamento de taxas à revista STUDIA KANTIANA. A permissão para a reedição ou tradução por terceiros do material publicado não será feita sem o consentimento do autor. Uma vez aceitos para publicação, não serão permitidas adições, supressões ou modificações nos artigos.

11) Os originais devem ser enviados por email diretamente ao editor da revista: Christian Hamm: chvhamm@gmail.com

12) Para maiores informações, consultar o editor por email (chvhamm@gmail.com) ou telefone: (55) 3220-8132 ramal 30.

Normas para publicação no número 11 da revista STUDIA KANTIANA

Postado em 27/06/2011, 08:58, por · Comente
Categoria: Publicações 

– A partir do próximo número, a revista STUDIA KANTIANA será publicada em formato on-line,

– Em razão desta mudança do formato da Studia Kantiana, também as normas para colaboradores sofreram diversas alterações;

– Os números disponíveis da revista continuam à venda na rede de sebos ESTANTE VIRTUAL (endereço: http://www.estantevirtual.com.br);

– Está aberto o período de chamada de artigos para o número 11 da revista até o dia 31 de agosto de 2011.

***

Normas para colaboradores

1) A revista STUDIA KANTIANA aceita os seguintes tipos de colaboração:

1.1) Artigos (até 12.000 palavras, incluindo referências bibliográficas e notas).

1.2) Resenhas críticas de apenas um livro ou de vários livros que tratem do mesmo tema (até 4.500 palavras, incluindo referências bibliográficas e notas. As resenhas críticas devem apresentar no início do texto a referência completa das obras analisadas).

1.3) Recensões e notas bibliográficas (até 1.600 palavras. As recensões e notas bibliográficas não devem receber título nem conter notas ou referências bibliográficas fora do texto e devem apresentar no início do texto a referência completa das obras analisadas).

2) As colaborações, que devem ser inéditas, podem ser escritas em português, espanhol, inglês ou francês.

3) Os artigos devem vir acompanhados de um resumo do texto em português e em inglês, contendo entre 100 e 150 palavras, bem como pelo menos cinco palavras- chave. Os autores devem enviar também seus dados profissionais (instituição, cargo, titulação), bem como endereço para correspondência (inclusive e-mail). Esses dados aparecerão no final do texto publicado.

4) Os textos devem ser enviados via e-mail ao editor da revista (cf. item 11). O processador de texto deverá ser Word, em conformidade com as seguintes especificações:

4.1) Texto corrido, teclando ENTER apenas uma vez para a mudança de parágrafo;

4.2) Podem ser formatados textos em negrito, itálico, sobrescrito e subscrito. Porém, não deverá ser formatado nenhum parágrafo, tabulação ou hifenizado.

4.3) Caso não seja possível digitar os números das notas em sobrescrito, digitar um espaço e a letra “n” antes do número. Ex: n1 (que significa nota de rodapé número 1).

5) As notas não devem conter simples referências bibliográficas. Estas devem aparecer no corpo do texto com o seguinte formato: (sobrenome do autor/espaço/ano de publicação: página).

6) A bibliografia deve ser apresentada na seguinte forma:

6.1) Livros: sobrenome do autor em maiúsculas, nome em minúsculas, título do livro em itálico, eventual tradutor, lugar da edição, editor, ano de edição, páginas citadas.

6.2) Coletâneas: sobrenome do organizador em maiúsculas, nome em minúsculas, seguido da especificação (“org.”), título do livro em itálico, eventual tradutor, lugar da edição, editor, ano de edição, páginas citadas.

6.3) Artigo em coletânea: sobrenome do autor em maiúsculas, nome em minúsculas, ano de edição, título do artigo entre aspas, eventual tradutor, nome do organizador em minúscula, seguido da especificação (“org.”), título da obra em itálico, lugar da edição, editor, número do volume, números das páginas do artigo.

6.4) Artigo em periódico: sobrenome do autor em maiúsculas, nome em minúsculas, ano de edição, título do artigo entre aspas, eventual tradutor. Nome do periódico em itálico, número do volume, números das páginas do artigo.

6.5) Tese acadêmica: sobrenome do autor em maiúsculas, nome em minúsculas, ano de edição, título da tese em tipo normal, especificação do tipo de tese, nome da universidade na qual foi defendida.

7) As colaborações serão examinadas por dois pareceristas e submetidas ao corpo editorial.

8) Os autores serão notificados da recepção das colaborações.

9) A apresentação das colaborações ao corpo editorial implica a cessão da prioridade de publicação à revista STUDIA KANTIANA, bem como a cessão dos direitos autorais dos textos publicados, que não poderão ser reproduzidos sem a autorização expressa dos editores. Os colaboradores manterão o direito de reutilizar o material publicado em futuras coletâneas de sua obra sem o pagamento de taxas à revista STUDIA KANTIANA. A permissão para a reedição ou tradução por terceiros do material publicado não será feita sem o consentimento do autor. Uma vez aceitos para publicação, não serão permitidas adições, supressões ou modificações nos artigos.

10) Os textos devem ser enviados diretamente ao editor da revista:

Christian Hamm
Departamento de Filosofia – UFSM
chvhamm@gmail.com

Para maiores informações, consultar o editor.
Tel./Fax: (55) 3220 8132-30
ou (55) 3220 8462

Número 10 da revista Studia Kantiana

Postado em 24/06/2011, 00:02, por · 1 comentário
Categoria: Publicações 

Studia Kantiana – Número 10

“Necessary Sentiment” and Moral Sensibility in KantAndré Klaudat

Kant, sobre a possibilidade de deveres para consigo mesmo (Tugendlehre §§ 1 – 3)Dieter Schönecker

A solução crítica do fato da razão na KpVFlávia Carvalho Chagas

La ética kantiana como “sistema de los fines”: Algunas objeciones a las lecturas formalistas e procedimentalistas de la ética de KantMacarena Marey

Kant e os fundamentos das ciências humanasBernward Grünewald

El arte ejemplar kantiano: uma filosofia del arte más allá de reglasMónica Herrera Noguera

Início conjectural da história humana (Mutmasslicher Anfang der Menschengeschichte) – traduzido por Joel Thiago Klein

Sobre um recentemente enaltecido tom de distinção na Filosofia (Von einem neuerdings erhobenen vornehmen Ton in der Philosophie), traduzido por Valerio Rohden.

Os números disponíveis da Studia Kantiana, revista da Sociedade Kant Brasileira, estão à venda na rede de sebos ESTANTE VIRTUAL (www.estantevirtual.com.br).

5 volumes da Kant e-Prints 2010 estão online

Postado em 23/05/2011, 17:52, por · 10 comentários
Categoria: Publicações 

O editor da revista Kant e-Prints, Prof. Dr. Daniel Omar Perez, comunica que já estão online os 05 volumes da revista referentes ao ano de 2010:

http://www.cle.unicamp.br/kant-e-prints/index_arquivos/Page400.htm

« Previous Page