Lançamento de Kant, Immanuel. Metafísica dos Costumes (Vozes/Ed. Univ. São Francisco, 2013)

Postado em 11/12/2013, 14:21, por · Comente
Categoria: Publicações 

Kant, Immanuel. Metafísica dos Costumes. Primeira Parte: Primeiros Princípios Metafísicos da Doutrina do Direito. [Trad. Clélia Ap. Martins], p. 9-178; Segunda Parte: Primeiros Princípios da Doutrina da Virtude. [Trad. Bruno Nadai, Diego Kosbiau e Monique Hulshof], p. 179-311. Petrópolis, RJ: Vozes; Bragança Paulista, SP: Editora Universitária São Francisco, 2013.

http://www.universovozes.com.br/livrariavozes/web/view/DetalheProdutoCommerce.aspx?ProdID=8532646514&

“A imaginação de Kant e os dois objetos para nós” – Tese de doutorado de Olavo Calábria Pimenta (UFMG/2012)

Postado em 11/12/2013, 10:42, por · Comente
Categoria: Publicações 

“A imaginação de Kant e os dois objetos para nós” (Tese de doutorado – UFMG/2012)

http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/BUOS-99BFJZ

Autor: Olavo Calábria Pimenta (calabria@defil.ufu.br)

Orientador: Rodrigo Antonio de Paiva Duarte
Banca: Rodrigo Antonio de Paiva Duarte, Joaosinho Beckenkamp; Virginia de Araujo Figueiredo; Zeljko Loparic; Helio Lopes da Silva

Apresentação:

Partindo de um problema que descobrimos durante a pesquisa do Mestrado em Filosofia (UNICAMP/2003) referente à distinção kantiana entre dois tipos de objetos para nós, o aparecimento [Erscheinung] e o fenômeno [Phaenomenon] (cf. KANT, KrV: A248), fundada na relação que apenas os fenômenos possuem com regras de unidade conceituais, buscamos compreender quais seriam os pressupostos e as consequências desta distinção. Cogitamos inicialmente que a resposta poderia ser encontrada na doutrina do Esquematismo, já que é este o procedimento que torna possível a aplicação dos conceitos do entendimento aos objetos da intuição sensível. Porém, o extenso percurso desta tentativa não foi ainda suficiente e somente obtivemos êxito ao elaborarmos uma caracterização original da imaginação [Einbildungskraft] em Kant, justamente a faculdade responsável pela produção dos esquemas. Nesta etapa, em que a utilização da “Antropologia de um ponto de vista pragmático” (1798) foi decisiva, sustentamos que Kant concebe a imaginação como faculdade sensível e, mesmo assim, espontânea, que opera mediante uma duplicidade de condutas, isto é, tanto de modo livre (com autonomia), quanto dirigida por regras intelectuais (com heteronomia), realizando sínteses unitárias da multiplicidade sensível a priori ou a posteriori, seja voluntária ou involuntariamente. Com esta interpretação encontramos um modo de superar vários dilemas e obscuridades que costumam ser apontados na obra de Kant, particularmente no que diz respeito ao papel que os sentidos, a faculdade da imaginação e o entendimento desempenham na “Estética” e “Analítica” transcendentais da Crítica da razão pura. Concluímos que as sínteses da apreensão e da reprodução são elaboradas de modo autônomo e resultam na construção dos aparecimentos, enquanto objetos conceitualmente indeterminados da intuição empírica (cf. KrV: A20/B34) e que a síntese da recognição é a única realizada de modo heterônomo e resulta na produção dos fenômenos. De acordo com uma metáfora de Kant, podemos dizer que no primeiro caso obtemos intuições cegas (não examinadas discursivamente) e, no segundo, tais intuições tornam-se “esclarecidas” pelo intelecto. Ao final, mostramos como esta interpretação permite reconciliar as duas versões da “Dedução das categorias” publicadas nas edições A e B da Crítica da razão pura.

Publicação do Fascículo 1, Volume I (Julho de 2013) da revista “Estudos Kantianos”

Postado em 17/07/2013, 17:37, por · Comente
Categoria: Publicações, Revista Estudos Kantianos 

Os editores de Estudos Kantianos gostaríamos de participar-lhes a publicação do primeiro fascículo do primeiro volume desse periódico eletrônico, o qual está desde já acessível por meio do seguinte link:

http://www.marilia.unesp.br/Home/Departamentos/dfil/cpek/ek-i.1.2013.pdf

estudoskantianos

Lembrando-lhes que o segundo fascículo do mesmo volume, dedicado a “Kant e Rousseau”, será publicado em dezembro p.f., apraz-nos ainda comunicar-lhes que, para o próximo ano, afora o fascículo sem tema definido, a ser lançado em julho, serão também publicados dois outros fascículos com os seguintes temas: “Kant na América Latina de Língua Espanhola” e “Kant and the empirical sciences”.

Ubirajara Rancan de Azevedo Marques [Universidade Estadual Paulista] – Editor.
Nuria Sánchez Madrid [Universidad Complutense de Madrid] – Editora Associada.

Revista Estudos Kantianos | 1º fascículo do volume I será publicado em julho de 2013

Postado em 29/05/2013, 12:24, por · Comente
Categoria: Call for papers, Publicações, Revista Estudos Kantianos 

Revista Estudos Kantianos
Centro de Pesquisas e Estudos Kantianos “Valerio Rohden” [CPEK]

http://www.marilia.unesp.br/#!/departamentos/dfil/cpek/revista-estudos-kantianos

Devido a fatores técnicos relacionados à “normalização de referências” do inteiro conteúdo do periódico, o primeiro fascículo do primeiro volume da revista eletrônica Estudos Kantianos [EK] será publicado em julho, o segundo, por sua vez, em dezembro. Dessa forma, também, alteram-se os meses de publicação da mesma para os demais fascículos subsequentes, os quais, portanto, serão julho e dezembro, não mais maio e novembro.

A seguir, a súmula do conteúdo do fascículo “1” do volume “I” de EK:

Artigos.

Wolfgang Kersting: Das „Ideal des hobbes“, der Kampf und die Anerkennung Kants und Hegels Auseinandersetzung mit Hobbes

Jacinto Rivera de Rosales: A finalidade na Natureza e a biologia: relendo Kant.

Jean-Christophe Merle: Como os argumentos de Kant sobre o estado de necessidade são refutados quando traduzidos em um experimento mental de duplo nível.

Federica Trentani: La concretezza dell’esperienza morale nella filosofia pratica di Kant.

Gualtiero Lorini: Die Rolle der Vorlesungen über Metaphysik in Kants stillem Jahrzehnt (1770-1781): Der Begriff Ontologie.

Laura Anna Macor: Kant and Schiller on Pure Ethics: Why Philosophers Should Concern Themselves with German Literature (and vice versa).

Dieter Hüning: Kant’s Theory of Criminal Law and the jus talionis.

Robert Louden: El Kant de Foucault.

Jesús González Fisac: Ilustración y mecanismo. Metafísica del uso privado de razón.

Renato Valois Cordeiro: Der anscheinende Konflikt zwischen Mechanismus und Teleologie in der Kritik der Urteilskraft.

Milene Consenso Tonetto: The concept of dignity and duties of virtue in Kant.

Ana Carrasco Conde: La cara B de la razón u otra vuelta (schellingiana) de tuerca (kantiana).

Resenhas.

María Xesús Vázquez Lobeiras: KANT, Immanuel. Primera Introducción de la Crítica del Juicio. Edición bilingüe. Introducción, edición crítica y traducción de Nuria Sánchez Madrid. Madrid: Escolar y Mayo, 2011.

Nuria Sánchez Madrid: SANTOS, Leonel Ribeiro dos. Ideia de uma heurística transcendental. Lisboa: Esfera do Caos, 2012.

Traduções.

Fernando M. F. Silva [com uma introdução de Leonel Ribeiro dos Santos]: “Vom Charackter der Menschheit überhaupt” [conforme as “Vorlesungen über Anthropologie” de Kant]

[a sequência acima reproduz a exata ordem de aprovação dos originais encaminhados à revista]

***

A Revista Estudos Kantianos recebe, desde já, propostas de publicação de artigos, resenhas e traduções, quer para o fascículo “1” do volume “II”, a ser publicado em julho de 2014, quer para o fascículo “2” do volume “II”, a ser publicado em dezembro de 2014, até, respectivamente, 31 de janeiro de 2014 e 30 de junho de 2014. Para o fascículo “1” do volume “II”, não há tema pré-fixado; para o fascículo “2” do volume “II”, em contrapartida, o tema é “Kant e as ciências empíricas”.

Ubirajara Rancan de Azevedo Marques
Editor de Estudos Kantianos

http://www.marilia.unesp.br/#!/departamentos/dfil/cpek/revista-estudos-kantianos

Studia Kantiana | número 13 | dezembro de 2012

Postado em 06/02/2013, 13:19, por · 2 comentários
Categoria: Publicações 

O número 13 (dezembro de 2012) da Studia Kantiana (ISSN 1518-403X), revista da Sociedade Kant Brasileira, encontra-se à venda na rede de sebos ESTANTE VIRTUAL (www.estantevirtual.com.br/q/studia-kantiana) e também pode ser baixado, em pdf, na íntegra ou separadamente, por artigo, abaixo.

Os números 12, 11, 10, 9, 8 e 6/7 também podem ser baixados gratuitamente em www.sociedadekant.org/studia-kantiana.

_____________________________________________

Studia Kantiana

número 13 | dezembro de 2012

[Clique aqui para baixar o número na íntegra (pdf) ou baixe cada artigo separadamente:]

Capa, apresentação e sumário (pdf)

Artigos

Application of the Doctrine of Method in the critical examination of reasonMario Caimi (pdf)

El problema de la virtud en la ética de Hermann Cohen<
[The problem of virtue in Hermann Cohen’s ethics]
Héctor Oscar Arrese Igor (pdf)

O papel do conceito de verdade no julgar: Kant e Frege
[The role of the concept of truth in judging: Kant and Frege]
Dirk Greimann (pdf)

Die Locke der Antinomie: La sortija de la Antinomia
[The curl of the Antinomy]
Soledad García Ferrer (pdf)

Credo quia rationale. Kant sobre a Fé Moral
[Credo quia rationale. Kant on moral faith]
Günter Zöller (pdf)

A Ético-teologia kantiana e o dever para a promoção do Sumo Bem
[Kant’s ethicotheology and the duty to promote the highest good]
Bernd Dörflinger (pdf)

Discussão

Ética e Felicidade. Notas para uma revisão reconstrutiva da doutrina kantiana do sumo bem
[Morality and Happiness. Notes for a reconstructive revision of the Kantian doctrine of highest good]
João Carlos Brum Torres (pdf)

Tradução

Kant e a primeira recensão a Herder: comentários, tradução e notas
[Kant and the first critique of Herder: commentary, translation, and notes]
Joel Thiago Klein (pdf

Informações aos colaboradores (pdf)

Kant’s Anatomy of the Intelligent Mind – Wayne Waxman (Oxford University Press, 2013)

Postado em 29/01/2013, 10:46, por · Comente
Categoria: Publicações 

To appear from Oxford University Press in 2013:

Kant’s Anatomy of the Intelligent Mind

by

Wayne Waxman

http://waynewaxman.com/2013/01/11/kants-anatomy-of-the-intelligent-mind

In a 2005 editorial in the British newspaper The Guardian, Kant was declared “the undefeated heavyweight philosophy champion of the world” because he had the “great insight … to remove psychology from epistemology, arguing that knowledge is inevitably mediated by space, time and forms within our minds.” This is an accurate reflection of the consensus view of philosophers and scientists of mind alike that Kant’s accounts of space, time, nature, mathematics, and logic on the Critique of Pure Reason are rationalist, normativist, and nativist. Kant’s Anatomy of the Intelligent Mind argues that all this is untrue. (1) Kant neither asserted nor implied that Euclid and Newton are the final word in their respective sciences, and deemed nothing specific to them innate. (2) Rather than supposing that the psyche derives its fundamental forms from epistemology, he traced the first principles of ordinary, scientific, mathematical, and even logical knowledge to the psyche. (3) Aristotelean logic, in particular, exhausts the sphere of the logical for Kant precisely because he deduced it entirely from psychological principles of the unity of consciousness, resulting in a demarcation of logic from mathematics that would almost certainly set virtually everything regarded as logic today on the mathematical side of the ledger. (4) Although Kant derived his conception of the unity of consciousness from Descartes, he gave it new life by eliminating its epistemological and metaphysical baggage, reducing it to its logical essence, and grounding what remained on a wholly original conception of the a priori unity of sensibility. (5) Thus, far from departing from the course charted by British Empiricism, Kant’s anatomy of the understanding is continuous with, indeed the culmination of, the psychologization of philosophy initiated by Locke, advanced by Berkeley, and developed to its empirical outrance by Hume.
The book concludes with a reconsideration of Kant’s relation to the philosophy and sciences of mind.

Additional information available at http://waynewaxman.com

Números 6 a 12 da Revista Studia Kantiana disponíveis online

Postado em 31/10/2012, 08:29, por · 1 comentário
Categoria: Publicações 

Os números 6/7, 8, 9, 10, 11 e 12 da Studia Kantiana (ISSN 1518-403X)revista da Sociedade Kant Brasileira, encontram-se disponíveis, na íntegra, em pdf, na página da revista neste site.

As versões impressas continuam à venda  na rede de sebos ESTANTE VIRTUAL (www.estantevirtual.com.br/q/studia-kantiana).

_____________________________________________

Studia Kantiana | Número 12 | junho de 2012 – Clique para baixar (pdf).

Studia Kantiana | Número 11 | dezembro de 2011 – Clique para baixar (pdf)

Studia Kantiana | Número 10 | dezembro de 2010 – Clique para baixar (pdf).

Studia Kantiana | Número 9 | dezembro de 2009 – Clique para baixar (pdf).

Studia Kantiana | Número 8 | maio de 2009 – Clique para baixar (pdf).

Studia Kantiana | Número 6/7 | março de 2008 – Clique para baixar (pdf).

Profª Patricia Kauark-Leite (UFMG) recebe premiação da Académie des Sciences morales et politiques

Postado em 18/10/2012, 19:18, por · Comente
Categoria: Publicações 

A Profª Drª Patricia Kauark-Leite, do Departamento de Filosofia da UFMG e membro da Sociedade Kant Brasileira, foi premiada com a medalha do Prix Louis Liard, concedida pela Académie des Sciences morales et politiques, por sua obra Théorie quantique et philosophie transcendantale : dialogues possibles (Paris: Hermann, 2012).

A cerimônia de premiação será realizada em Paris no dia 19 de novembro de 2012.

 

Confira o post da Sociedade Kant Brasileira sobre a publicação do livro (20/03/12).

***

“Madame,

J’ai le plaisir de vous annoncer que l’Académie des Sciences morales et politiques a décidé, sur proposition de sa section Philosophie, de vous attribuer cette année la médaille du Prix Louis Liard pour votre ouvrage Théorie quantique et philosophie transcendantale : dialogues possibles, Paris (Hermann), 2012.

Ce prix triennal est destiné à récompenser un ouvrage, manuscrit ou imprimé, traitant d’une question de philosophie, ou d’histoire de la philosophie, ou d’éducation, et se recommandant particulièrement par l’emploi des méthodes rationnelles ou expérimentales et par la précision des résultats.

L’ensemble des Prix de l’Académie seront rendus publics le lundi 19 novembre prochain lors de la séance solennelle de rentrée de l’Académie, sous la Coupole du Palais de l’Institut (23 quai de Conti – 75006 Paris).

[…]

En vous exprimant mes félicitations
Bien à vous

Pierre KERBRAT
Secrétaire général
Académie des Sciences morales et politiques”

Revista Studia Kantiana, número 12, junho de 2012

Postado em 14/10/2012, 11:33, por · Comente
Categoria: Publicações 

Studia Kantiana

número 12, junho de 2012

O conceito de númeno na “Dialética transcendental”: a abertura para um uso legítimo das ideias da razão – Monique Hulshof 

La teoría de la causa noumenon en Kant: ¿una ficción incompleta e innecesaria? – Rubén Casado

Sobre as antecipações da percepção – Edgard José Jorge Filho

Leis permissivas da razão e o problema das ações moralmente-indifferentes em Kant – Ricardo Machado Santos

Intersubjetividade e degradação moral em Kant – Letícia Machado Pinheiro

A Methodenlehre da segunda Crítica e suas possíveis consequências para uma ética cívica em Kant – Alessandro Pinzani

A doutrina do método na terceira Crítica – Clélia Aparecida Martins

Maneira e método. Notas para uma genealogia da Crítica a partir da “Metodologia do gosto” da Crítica do juízo – Nuria Sánchez Madrid

O princípio da finalidade formal como um princípio regulativo-transcendental da faculdade de julgar reflexiva – Renato Valois Cordeiro

Discussão:

História e direito em 1784. Comentários sobre a interpretação da “Escola semântica de Campinas” – Ricardo Terra

Tradução:

Kant: Carta enviada a Iohann Heinrich Tiefrunk em 13 de outubro de 1797 – Marcio Tadeu Girotti

___________________________________

Os números disponíveis da Studia Kantiana, revista da Sociedade Kant Brasileira, estão à venda na rede de sebos ESTANTE VIRTUAL (www.estantevirtual.com.br/q/studia-kantiana).

Os números anteriores e as normas para colaboração encontram-se na página da revista:

Studia Kantiana
ISSN 1518-403X

Lançamento do livro Kant e a Biologia (Barcarolla), 16/08, 16h30, UNESP-Marília

Postado em 10/08/2012, 14:26, por · 1 comentário
Categoria: Publicações 

Lançamento do livro Kant e a Biologia, Editora Barcarolla, quinta-feira, 16 de agosto de 2012, às 16h30, na Biblioteca da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP, em Marília.

[Clique para ampliar:]

 

« Previous PageNext Page »